Categoria Religião  Noticia Atualizada em   20/06/2011   às  15:32:35                   
Castelo: tapetes de Corpus Christi são destaque em site nacional de viagens
A cidade de Castelo é destaque na Galeria de Fotos do blog Viaje Aqui, da Editora Abril (http://viajeaqui.abril.com.br).
 
Leia Também
A cidade de Castelo é destaque na Galeria de Fotos do blog Viaje Aqui, da Editora Abril (http://viajeaqui.abril.com.br). Com o título 10 destinos nacionais para celebrar o Corpus Christi, o site indica “as principais cidades do Brasil que enfeitam as ruas com os imensos tapetes para receber a procissão” dessa importante festa religiosa.

O blog estampa a foto de várias pessoas admirando um longo e colorido tapete, com o seguinte texto legenda: “Em Castelo, no Espírito Santo, a festa em comemoração ao Corpus Christi surgiu por inciativa da freira Zuleide, da Companhia das Filhas da Caridade, que confeccionou um pequeno tapete em frente à Capela de Nossa Senhora das Graças na década de 60.”

E continua: “Após alguns anos, o evento ganhou destaque e se tornou o segundo maior do Estado. Este ano, a tradição chega a 47ª edição, com a montagem dos tapetes no dia 22 de junho, às 15 horas, em vários pontos da cidade. O dia 23 de junho será marcado por missas a partir das 7 horas da manhã, seguida pela procissão de encerramento às 16 horas. Mais de 85 mil fiéis devem visitar a região nos dois dias de evento.”

No ano passado, cerca de 50 mil turistas visitaram o município para participar da celebração de Corpus Christi. Devido à sua grande importância para o turismo, a festa de Castelo está entre os roteiros promovidos no estande da Setur na Expo-Católica, feira que será realizada de 7 a 12 de julho, em São Paulo.

História

No fim da década de 50, já era costume erguer altares em determinados pontos de Castelo. As ruas eram enfeitadas com folhas de árvores e as janelas e sacadas eram ornamentadas com toalhas de renda (ou bordadas), jarras de flores e outros detalhes que davam ao local um aspecto festivo e solene, preparado especialmente para a passagem da procissão dos fiéis.

No início da década de 60, uma irmã de caridade que vivia na cidade, Zuleide “Vicência”, com ajuda dos fiéis, inovou e confeccionou um pequeno tapete com motivos geográficos junto ao altar em frente à Capela Nossa Senhora das Graças, da Santa Casa de Misericórdia.

Em 1964, com o apoio do Frei José Osés, vigário da Paróquia, um grupo decidiu fazer os tapetes no centro da cidade. Em 1965, algumas outras ruas foram enfeitadas e percorridas em procissão. Com isto, a festa ganhou notoriedade.

Das folhas secas de mangueira usadas inicialmente, novos produtos foram sendo acrescentados, entre eles terra vermelha, flores e palha de café e arroz, pedras granuladas, moídas, brancas ou coloridas, borra de café, ramos picados de ciprestes, pó de serra tingido (ou natural), pó de pneus, cal, tampinhas de garrafas pet, bolas de gude e muitos outros.

Saiba com chegar a Castelo

Castelo está localizada no sul do Espírito Santo e possui cerca de 35 mil habitantes. Sua população é formada em sua maioria por descendentes de italianos.

Distante 146 quilômetros da capital do Estado, Vitória, e a 36 quilômetros de Cachoeiro de Itapemirim, pode-se chegar a Castelo pelas Rodovias ES 166, ES 379 e ES 491 e BR 482, partindo de Cachoeiro, com acesso no Trevo de Duas Barras, pela rodovia Fued Nemer, num percurso de 18 quilômetros.

Acesso também é possível a partir de Venda Nova do Imigrante. Partindo de Vitória, passando pela BR 262, chega-se a Venda Nova do Imigrante e daí, através da Rodovia Pedro Cola, chega-se a Castelo (36 KM).













    Fonte: Redação Maratimba.com
 
Por:  John Wesley    |      Imprimir